TMW 03

   


Capítulo 03: Se eu fosse um especialista

Antes de seguir Jiang Xiaorou, Yi Yun nunca esperava que sua “casa” seria assim. Antes, quando Yi Yun viu aquele homem que portava uma espada e montando aquela besta enorme, ele presumiu que este mundo seria cheio de especialistas em artes marciais, e com elites de todos os tipos de grandes clãs.

Tendo misteriosamente atravessado mundos, se ele estivesse envolvido com um clã ou uma seita enorme, ele até poderia aprender artes marciais. Mesmo que ele não tivesse talento, ele ainda seria capaz de sobreviver sem se preocupar.

Mas vendo a casa despedaçada na frente dele, Yi Yun quase entrou em colapso.

No passado, Yi Yun tinha visitado vilas rurais, as casas que ele viu lá eram muitas vezes melhores do que a casa que estava na sua frente.

Esta casa espartana era feita de lama e rochas. Além de uma mesa, dois banquinhos, duas velhas camas de madeira e um fogão, não havia mais nada.

Jiang Xiaorou trouxe Yi Yun pra casa. Yi Yun não estava acostumado a ser levado nas costas de uma menina. Ele tinha descido algumas vezes, mas seu corpo estava muito fraco. Apenas por dar um par de passos ele ficou cansado, em seguida, Jiang Xiaorou teve que trazer ele para as suas costas novamente.

Yi Yun se sentia envergonhado, que como um homem ele teve que ser carregado por uma menina tão jovem.

“Yun’er, você deve estar com fome…” Jiang Xiaorou disse enquanto colocava Yi Yun em uma das camas de madeira. Embora ela estava suando muito, seu rosto estava alegre. Naturalmente ela estava feliz por seu irmão mais novo ter voltado dos mortos.

Yi Yun olhou para as roupas suadas de Jiang Xiaorou. Embora seu corpo fosse magro e leve, a viagem tinha sido de pelo menos três ou quatro milhas. Jiang Xiaorou, que tinha cerca de quinze anos de idade, teve que fazer uma pesada viagem.

Se tivesse sido uma menina de 15 anos da Terra, apenas por andar de mãos vazias por três a cinco milhas teria a cansado completamente, para não mencionar alguém que teve que levar uma pessoa em suas costas.

“Sim… Um… Um pouco.” Yi Yun moveu seus lábios ressecados. Estas foram as primeiras palavras que saíram da sua boca desde que ele tinha sido transportado para este mundo. Antes ele pensava que usar uma linguagem que não era a sua seria difícil, se não impossível. Mas surpreendentemente era tão fácil quanto usar sua língua nativa.

“Vou preparar a refeição.” Disse Jiang Xiaorou com um sorriso. Ela delicadamente limpou a lama do rosto de Yi Yun, antes de puxar um travesseiro para ele repousar sua cabeça e o cobriu com um cobertor fino. Ela cobriu Yi Yun de uma maneira ágil e gentil, deixando Yi Yun em transe.

Esta menina claramente não era sua irmã, porém, ao ser levado em suas costas, junto o cuidado meticuloso que ela lhe deu, ele lentamente começou a desenvolver sentimentos sensíveis por ela.

Yi Yun queria ajudar Jiang Xiaorou a acender o fogo para o fogão, mas ela insistiu que ele fique na cama.

“Você acaba de se recuperar de uma grave doença, tome cuidado para não pegar um resfriado. Deite aqui, sua irmã em breve estará de volta.” Disse Jiang Xiaorou enquanto levantava um saco de grãos quase vazio.

Quinze minutos depois, Jiang Xiaorou colocou a mesa quebrada de madeira em frente à cama. Sobre a mesa havia uma grande tigela de mingau de arroz, duas frutas silvestres desconhecidas e uma tigela de legumes selvagens cozidos.

Yi Yun estava morrendo de fome há dias, então seu estômago começou a roncar no momento em que viu a comida.

Yi Yun estava ansioso por carne de porco ou algum frango assado, ou pato e peixe. Apenas por pensar nisso agita o estômago de Yi Yun.

Como posso saciar minha fome extrema com isso?

Ele beliscou o mingau. Seu estômago vazio reagiu fazendo-o ainda mais faminto.

Ele já comeu da papa de arroz e alguns dos legumes cozidos sem óleo. Os legumes foram tão amargos que ele tinha problemas em engolir apesar de sua fome extrema.

Como Yi Yun teve problemas para engolir uma refeição tão desagradável, ele notou que Xiaorou estava olhando para ele sem comer; Ele curiosamente perguntou: “Por que você não está comendo?”

“Eu comi pouco antes de encontrá-lo.” Jiang Xiaorou gaguejou quando ela ficou branca.

Yi Yun parou; Ele lembrou que Jiang Xiaorou estava no cemitério por volta das três da tarde, como ela já poderia ter comido?

De repente, percebeu que até mesmo comida como essa provavelmente não era fácil de obter.

Que tipo de mundo é este, mesmo com fortes peritos montando bestas selvagens, ainda havia as pessoas pobres que passavam fome?

Yi Yun empurrou a tigela de mingau para a frente e levantou-se para ir verificar o saco de grãos no canto da casa. Como esperado, o saco de grãos já estava vazio.

Yi Yun percebeu que o mingau que Xiaorou geralmente prepara foi menor em quantidade. Por causa de sua ressurreição, Xiaorou tinha propositadamente cozido mais mingau para um enfraquecido e “amamentá-lo”.

“Estou cheio. Tome o resto.” Yi Yun disse enquanto empurrava a tigela para Jiang Xiaorou. Por um lado, ele tinha perdido o apetite, enquanto, por outro lado, Ele não podia aceitar que uma menina teve que fazer jejum apenas para alimentá-lo.

Ele perguntou em seu coração se ainda era possível voltar ao seu mundo. Se ele não pode, ele deseja encontrar uma oportunidade para treinar e se tornar um especialista.

Mas pelo que parece, a sobrevivência era um problema. Ele pode até morrer de fome antes de fazer qualquer coisa.

“Eu não estou com fome.” Disse Jiang Xiaorou com teimosia. “Amanhã é o dia em que haverá distribuição de rações, então podemos comprar um pedaço de carne. E irei preparar para você.”

O rosto de Jiang Xiaorou corou no momento em que mencionou a entrega de rações. Estava claro que ela esperava muito por isso.

Yi Yun permaneceu em silêncio. Na Terra, ele pensava que a vida era difícil. Mas em comparação com este mundo alternativo, aquele tipo de vida era incomparável. Com comida insuficiente e o perigo constante de morrer de fome, a vida era realmente difícil. era uma grande tortura suportar a fome.

No meio da noite, a brisa noturna soprava lentamente enquanto as rãs escondidas dentro da grama da lagoa grunhiam. Yi Yun ainda estava acordado. Ele se inclinou na cama, ficou sob o luar. E ele se deitou de novo e se virou enquanto segurava o misterioso Cristal Roxo. Era tudo por causa do Cristal Roxo que ele conseguiu cavar um túnel pra fora da montanha que tinha desmoronado. Este pequeno cartão de cristal foi, sem dúvidas, um tesouro. Se ele o estudou, certamente isso o beneficiaria de alguma forma.

Esse mundo alternativo estava cheio de perigos para as pessoas normais. Mas quando ele pensava no homem de meia-idade que montava a enorme besta, ele tinha a aura de um ser divino. E comparado ao povo pobre, as diferenças eram como o Céu e a Terra.

“Se eu me tornar um perito, eu poderia ser livre. No mínimo, eu não passaria fome…”

Yi Yun tocava seu estômago, enquanto recordava como ele tinha conseguido dar um pouco de seu jantar a Jiang Xiaorou. Como ele ainda era uma criança em crescimento, o mingau já tinha sido digerido há muito tempo, ele já estava com fome novamente.

Quando ele sentiu o vazio que vinha do seu estômago, o Cristal Roxo emitiu um frio suave em sua mão que começou a se espalhar, como se…

Oh?

Yi Yun de repente notou algo. Ele se afastou da cama enquanto olhava para o Cristal Roxo. Um sorriso surgiu em seu rosto.

Após um exame cuidadoso, Yi Yun percebeu que minúsculos pontos de luz roxa rodeavam o Cristal Roxo.

Esses pontos de luz apareceram do nada e lentamente flutuaram sobre o Cristal Roxo antes que eles desaparecessem, como se o Cristal Roxo os absorvesse. Esse processo continuou por grande tempo, até que o brilho do cristal roxo se tornou um pouco mais intenso.

Qual é o significado disso?

Esta descoberta fez com que a respiração de Yi Yun acelerasse.

À medida que o brilho do Cristal Roxo se tornou mais brilhante, Yi Yun sentiu que o Cristal Roxo ficava mais frio. Esta frieza tomou conta de ambos os braços, até que foram para todos os seus membros, como se a luz sagrada purificasse seu corpo. Ele ficou em êxtase.

Yi Yun conhecia esse sentimento. Enquanto ele estava cavando seu caminho para fora da montanhas, ele sentiu essa frieza sempre que ele estava sem fôlego. Ele o enchia de força sempre que seu corpo estava a beira do colapso.

Yi Yun sabia que, para uma pessoa viver e se mover, era devido à energia que era fornecida ao corpo.

Sem comer, não haveria nutrição. Naturalmente também não haveria energia, e no final resultará em fome.

Criando um longo túnel sem comer ou beber por dias, com condições de trabalho anormais, exigiria uma fonte de energia. Este sentimento rejuvenescedor deve ser o Cristal Roxo, proporcionando-lhe energia vital.

Pensando cuidadosamente, antes quando ele descobriu o Cristal Roxo na caverna, o Cristal Roxo estava emitindo um leve brilho como uma pérola noturna.

No entanto, depois de parar neste mundo estranho, o brilho do cristal roxo tinha enfraquecido. Isto poderia ter sido um resultado do esgotamento de energia.

Mas agora, o brilho do Cristal Roxo estava começando a recarregar e crescer mais forte. Qual poderia ser a fonte de energia que estava recarregando o Cristal Roxo?

Yi Yun observou cuidadosamente e percebeu que esses pequenos pontos formavam um vago caminho que levava para a janela. Parecia que… veio da luz das estrelas.

A luz das estrelas era a fonte de energia que recarregava o Cristal Roxo?

Yi Yun pensou um pouco e saiu da cama. Ele foi até o fogão e pegou um pouco de carvão que ainda estava em chamas. Ele pegou um pouco de grama e viu como as chamas amarelas dançavam.

Yi Yun colocou cuidadosamente o Cristal Roxo no fogo ardente.

A teoria de Yi Yun era simples, se o Cristal Roxo pode absorver a energia da luz das estrelas, talvez poderia absorver a energia de seus arredores?

O fogo, que é uma forma de energia na compreensão de Yi Yun, era provavelmente mais forte que a luz das estrelas. Se o Cristal Roxo absorvesse a energia nas chamas, poderia recarregar mais rápido?

Yi Yun não considerou  a possibilidade das chamas destruírem o Cristal Roxo.

Mas não importa o quanto Yi Yun queimou o Cristal Roxo, o Cristal Roxo não mostrou nenhuma mudança, nem ele podia sentir o Cristal Roxo ganhar qualquer calor.

O Cristal Roxo era como um bloco de gelo que não podia derreter. Estava frio ao toque mesmo depois que o fogo do carvão morreu.

Yi Yun balançou a cabeça enquanto abandonava a experiência.

Ele decidiu se aventurar fora da casa. A luz das estrelas lá fora seria mais densa e poderia fornecer o Cristal Roxo com mais energia.

Se o Cristal Roxo estivesse cheio de energia até a borda, que tipo de mudanças poderiam trazer?

Yi Yun ficou ansioso só com esse pensamento!

Yi Yun abriu a porta da casa e a porta do pátio (jardim) antes de cuidadosamente fechá-las. Ele estava com medo de acordar a irmã no quarto ao lado. Mas quando Yi Yun entrou no pátio, ele ficou um pouco surpreso.

Ele viu uma menina com roupas verdes, sentada debaixo de uma árvore não muito longe dele. Ela estava atenciosamente polindo uma ponta de seta.

A ponta fria da flecha refletia a fria luz do luar sobre o rosto delicado da menina, como se estivesse escondendo-a em uma camada de seda de prata. Ao lado da menina voaram dezenas de vaga-lumes, pareciam que estavam envolvendo uma deusa.

Jiang Xiaorou?

Yi Yun viu uma pilha de flechas brilhantes ao lado de Jiang Xiaorou. Cada flecha foi bem fabricada com uma ponta de seta afiada.

“Isto é…”

Embora Yi Yun não soubesse nada sobre armas, ele ainda podia apreciar a elegância dessas flechas.

“Yun’er, por que você se levantou? É muito úmido à noite e seu corpo ainda está fraco. Volte rapidamente para a cama.” Jiang Xiaorou se levantou imediatamente com a intenção de levar Yi Yun de volta para a casa.

“Irmã, por que há tantas flechas?” Yi Yun estava curioso. Jiang Xiaorou não parecia ser capaz de fazer um arco.

“Isto é para a troca das rações amanhã. Sempre foi assim…”

Jiang Xiaorou olhou para Yi Yun com dúvidas em seu olhos.

“Oh…” Yi Yun era obviamente inconsciente disto. Misteriosamente ele tinha viajado pelo tempo até este mundo, ele entendeu as palavras e a linguagem, mas ele não tinha uma única pista sobre a vida de “Yi Yun”. Todas as memórias que ele tinha eram as suas.

Parecia as pessoas que sofriam de amnésia após uma lesão na cabeça. Apesar de um amnésico perder sua memória sobre os eventos, ele não perderia suas habilidades de linguagem.

Yi Yun tinha pensado há muito tempo em uma desculpa perfeita, explicando: “Irmã, eu morri uma vez, então há algumas coisas que eu não consigo me lembrar…”

“Você não pode se lembrar?” Jiang Xiaorou perguntou com surpresa. Yi Yun tinha caído de uma escalada em uma montanha enquanto pegava ervas e quebrou seus ossos. Ele ficou deitado na cama por algum tempo antes de sucumbir aos seus ferimentos. Ele poderia ter machucado sua cabeça naquela época.

Pensando nisso, o coração de Jiang Xiaorou estava doendo de preocupação. “Yun’er, você…”

“Estou bem.” Yi Yun rapidamente parou Jiang Xiaorou. Ele queria deter suas preocupações. “Irmã, me fale sobre este mundo e sobre o homem de meia-idade que montou aquela enorme besta. O que está acontecendo, há tantas coisas que não me lembro…